Templates da Lua

Histórico

+ veja mais

Votação

Dê uma nota para meu blog

Outros Sites

XML/RSS Feed
O que é isto?

Leia este blog no seu celular

Visitante Número

Créditos

Templates da Lua

Quinta-feira , 24 de Setembro de 2009

 

 

Voltei. 

 

 

Simples assim.

a "viajem" foi longa mas nada como estar de volta!

 

Bjim.


Escrito por kk às 18h50
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Segunda-feira , 09 de Março de 2009

 

 

VIVA!!

 

Estou viva sim, acho que vocês mais que ninguém sabem o quanto é desagradável postar/escrever somente para não perder os acessos/amigos, mas caros também sei que não é este nosso escopo, não recebemos pra isso, nossa casa é só nossa, visitar os irmãos de alma pra saber como ele está necessariamente não precisa ser vindo aqui.

 

Vou a casa de todos, talvez alguns estão como eu, com aquela sensação de “muita informação”, tanta que não sobra tempo de processar, Justiça, religião, homem camarão, família, trabalho e saco cheio de tudoissojuntoaomesmotempo.

 

No meu caso tive algumas decepções e me desilusões com as pessoas que o  Universo insiste que eu cruze, uns babacas que eu viajaria pro Sul da Bahia embolsaram o dinheiro, sim, não devolveram, é não fui pra lá, quem tem meu orkut viu as fotos, fui pra São João Del Rei e recomendo, voltando ao causo; 15 dias antes o amigo da onça me pediu o nº da CC e que eu tinha perdido o lugar porque não confirmei, caralho se eu dei o dinheiro está confirmado não? como assim? Paguei e assim sem mais nem menos diz que não vou? Ok, então devolve, você devolveu? Nem eles, hoje recebi a notícia que 3 pessoas “desistiram” e que vão dividir em 3 o prejuízo, que nojo dessa gente. Que vão tomar no cu com força, com os anos aprendi que prejuízo pouco é lucro e esse tipo de gente é pra lembrar que desonestidade é do ser humano, acostumar a gente não acostuma, mas excluir de seus relacionamentos é fundamental, mistura amizade e dinheiro, joguei a isca da reserva e desistência e eles fisgaram, achei que isso fosse coisa de empresas...  

 

Odeio modismo, essa onda indiana me fere, todas as quintas ia no Drink que é no Puri um restaurante indiano, dos acessórios comprados na Itália muitos são indianos, temos uma coleção de frascos para perfume, odeio, agora tudo gira em torno disso.

 

Minha ira com os taxistas só aumentou, tirando o escritor, são seres incapazes de  dirigir sem tirar uma conosco, é to falando dos motociclistas, será que eles não entendem que um toque a gente cai, estamos em 2 rodas porra, já odiava os que rodam na praça e fazem de conta que não conhecem o caminho, agora pilotando, minha vontade é de extermina-los.

 

Dona mãe? Ah nem quero falar disso, os mais íntimos já sabem, quem sabe um dia vomito tudo...

 

Minha vida sobre duas rodas está cada vez melhor, acho que é um fetiche masculino mesmo, ô ser estranho, um disse que eu mando bem, que é muito sexy o trio moto, mulher e tatuagem, afffff.

 

Frodo mandou o livro dele, comprem, nem sabia que gostava daquele tipo de literatura, são pequenos contos de terror, é muito, mas muito bom os 2 livros, é contemporâneo, te prende até o final de cada estória, parece uma coisa mas no final é outra, emocionante, surpreendente, eu babo no talento dos meus amigos, vai lá no meu orkut e entrem no perfil, ainda ouviremos falar muito dele, estou agora esperando o terceiro, o quarto, o quinto livro!

 

É isso, estou viva, só tô deprê e raivosa como sempre e a gente vai levando a gente vai levando essa vida!!!

 

Bjim.


Escrito por kk às 23h10
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Sexta-feira , 13 de Fevereiro de 2009

 Jorge BenJor - Jorge de Capadócia

 

Será necessário? Afinal é sexta 13 meu bem...
A verdade é que tenho muito apreço por essa música,
quando me sinto desprotegida pelo Universo,
dentre meus mantras que são as músicas que se encontram
jogadas por aqui ela está incluída, bem estranha eu sou,
é eu sei... hahahahahahah

Bjim.


Escrito por kk às 20h25
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Quinta-feira , 12 de Fevereiro de 2009

Alguns motivos para um SIM.

 

Existem motivos justos para algumas decisões, diria até que justificativas legítimas são motivadas a decidir por algo real e que inevitavelmente necessitam de um sim!

 

Eutanásia? Quanta hipocrisia meus caros, pelo amor do que for mais sagrado pra você,  caso eu me acidente, mesmo com toda a tecnologia e se eu entrar em coma irreversível NÃO utilize aparelhos artificiais para que minhas funções se restabeleçam, isso não acontecerá, não minta pra si mesmo, não seja egoísta, muito menos religioso, aliás religião não tem nada a ver com isso, tem relação com dinheiro, “minha hora” chegou e a medicina só prolongará nosso sofrimento! Mesmo que a morte não me pegue de imediato deixe que eu siga o curso de vida normal! Entendeu? No máximo doe todos os órgãos possíveis!

 

Descriminalização das drogas? Se isso tivesse acontecido quem sabe o Rio de Janeiro fosse a cidade maravilhosa, quem sabe o usuário não financiasse tanta violência, quem sabe  nossa vida fosse menos estressada, sem tantos medos, o tabaco e o álcool são controlados pelo governo e não vemos tiros de traçante nos morros. Viciados? São doentes, a seleção natural neste caso parece que insiste em mantê-los conosco, entendeu?

 

Pena de Morte? Duvido que se houvesse teríamos tanta gente matando, estuprando, aliciando nossos filhos, até mesmo depois de eleito roubando comida de escola, remédios de doentes e  livros, matadores no trânsito, até admito que seria uma carnificina no início, mas não é de todo ruim, afinal hoje em dia estão barbarizando, ou não? Não venham me dizer que se você perdesse seu emprego, que com preguiça de estudar, vontade de comer alguém e recebendo mais de vinte salários mínimos, amasse sua vida e respeitasse a dos outros ainda assim você roubaria, mataria, faria o que fazem? 

 

Sim Sim Sim! Você daria um sim? Não? Você daria um sim em que? Seja verdadeiro consigo... Em que?

 

Bjim.


Escrito por kk às 17h00
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Terça-feira , 27 de Janeiro de 2009

 NANDO REIS - MANTRA



 

ASAS

 

Todas suas atitudes por menores que pareçam são muito bem pensadas e por passional que é aceita dentro de si que voar é possível, mesmo com medo da dor se prostra num precipício de emoções, num voo ainda discreto, sem medo, decidida, pronta... Se lança...

 

 

 Asas, flores, dúvidas, memórias, amor e uma tatuagem...

Tenho adoração pela mulher que habita dentro dela!

E ela se joga...

E VOA!

 

 

 

 

Obs1. Dedico estas canções e tatuagem à minha família,

 Ci e Mauri:

gratidão e amor não tem preço,

eu amo vocês com toda força da alma,

nós envelheceremos juntos, o universo quer!

Quando minha alma adoece,

 sorri e sofre,

são vcs que estão comigo. 

Alguma semelhança? Será coincidência?

 

 

 http://br.youtube.com/watch?v=2bTrQI1tlWk

 

 Obs2. logo logo nascerá meu sobrinho, filho meu irmão mais amado: João Gabriel.

 

Bjim.

 

 


Escrito por kk às 12h23
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Segunda-feira , 19 de Janeiro de 2009

 Tom jobim - Dorival Caimmy - Eu sei que vou te amar
 

 Permita que uma canção perca sua conotação sexual,
ouça um filho declarando seu amor...

UM LAÇO 

Mesmo não esperando que seus laços familiares desatassem com o tempo, inevitavelmente foram rompidos, pois eles não entenderam seus motivos de ser tão séria, tão meticulosa, de ser determinada e alcançar o sucesso, somente imaginam o quanto ela tem sorte, como se sorte não dependesse de trabalho. Eles desejam sua vida, mas não compreendem que seus métodos exigem comprometimento. Mesmo assim se aposta no amor.

Porque falar de amor? Ele poderia ser a razão de tanta insistência, mas eles não querem saber de amor, eles querem saber de dinheiro, dinheiro que compra coisas, pagam contas, dá conforto mas não compra pessoas e não traz tranquilidade quando somos irresponsáveis.  Mesmo atolada numa relação ameaçada pela ordem ela insiste em ser amada pelo que é e não pelo que pode oferecer.

Mentira, dívida, acompanhamento, ordem.
Ordens, mentiras, dívidas e acompanhamento.
Dívidas, acompanhamento, ordem e mentiras.

Mentiras para evitar o acompanhamento, ordens para eliminar as dívidas. Sem amor e dedicação nada sobreviveria.

E ela enfim descobre que a felicidade é algo pessoal, não é possível impor a felicidade, cada um tem sua maneira de tornar seus dias um inferno, seja com mentiras, acompanhamento, ordens e suas dívidas, ainda se dedicando, seu amor rompe o laço.

Mas ainda poupando seu amor ela determina que de uma vez por todas que cada um deve viver seu inferno pessoal e que o amor deve ser resgatado, de agora em diante não interfere, de expectadora mantém sua promessa e a responsabilidade tomará a sua forma, afinal com dinheiro não se brinca e com amor menos ainda.

 Como num pódium de chegada, não existe vencidos ou vencedores, somente laços.

 Seu grande tormento é não ser amada, mas amor tem preço?

 Amor tem preço?

Laços, amor e uma família...

 Bjim.

 


Escrito por kk às 20h02
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Sexta-feira , 02 de Janeiro de 2009

  Jota Quest - Dias Melhores

2009

 Este ano será meio em off, não tenho listas, metas, desejos ou sonhos, só quero dormir noites tranqüilas e sobreviver a tempestade, é querer muito? Ando muito cansada, ao redor muitos "Cérebros e Pinks", não sei explicar, parece que estou pronta para morrer, não tenho muitas expectativas para o futuro; já tenho um trabalho estável, sem um amor pra vida toda, sem filhos. Tenho um cansaço visível, olheiras e muitos cigarros antes de ir ao patologista para receber a notícia.

Ontem na chuva, de noite e de farol traseiro queimado quase entrei debaixo de um ônibus, o capacete ficou arranhado e o corpo trêmulo, roupa com graxa e muita sorte: numa bifurcação fiquei confusa e não calculei a distância que levaria pra chegar nela e tomar meu caminho, o dilema; passar antes ou depois do ônibus, tomei a decisão errada. A cena foi a seguinte, eu querendo fazer uma curva para a direita e ele seguindo seu caminho mas ligeiramente para a esquerda, toquei o ônibus com a perna direita e o capacete, com um instinto de sobrevivência e calma do caralho gritei e equilibrei o corpo(mais precisamente a cabeça) mais para a direita(como que empurrando) e levando a moto para a esquerda assim fui me afastando do monstro comedor de motociclistas na mesma velocidade que ele... Mesmo sentindo a perna tocar e entrar no vão da roda não me desesperei, o motorista e cobrador depois da cena mortífera perguntaram como consegui fazer aquela manobra, que eu tinha nascido de novo, não tive resposta, só dei os ombros... Claro que ele é um exelente motorista, pois fiquei dividindo espaço entre sua roda esquerda e sua janela, ele ouviu o grito: aaaaaaaaaaiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii nãooooooooooooooooooooooooooooooo!!!

É impressionante como mulheres gostam de se enganar, o cara sai contigo muitas vezes, vocês se dão bem, risadas, mas no final é só uma relação casual. Quantas vezes você deseja isso; um relacionamento casual! Mas o que incomoda no final é que falta alguma coisa, e pensa... Falta o quê? Mesmo gostando da solidão, ela tira do sério, medo de dizer que tem saudades, medo de pedir mais, medo de ser você e de assustar! Falta o quê? Não era isso que você queria? Ele só liga no momento certo pra te ver, é bom moço, paga tudo que até constrange nestes tempos de igualdade, anda de mãos dadas, na cama é sua outra metade, não precisam de palavras para se entender... Falta o quê? Sei lá, falta ele ser seu integralmente claro... Não é verdade? Falta o quê?

Hoje dona Mãe me tirou mais grana, tá ficando batido, o que ela não sabe é que a fonte seca um dia! Odeio minha família, malditos, não me deixam em paz, só isso que quero, ligar e ouvir banalidades, não tenho o dom de resolver os problemas do mundo, afinal tenho os meus! Acho que meu irmão está certo: amor incondicional  está acabando comigo.

Ao meus leitores inrustidos, amigos, almas companheiras, peguetes, simpatizantes e desafetos: vivam suas vidas, amem com dedicação, sintam o sabor da comida morna, fiquem loucos, sofram de amor, economize brigas!

Aproveitem, a vida até onde eu saiba é só esta!
Ok nasci de novo, pra quê?!

 Bjim.


Escrito por kk às 19h16
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Quinta-feira , 18 de Dezembro de 2008

 

EM VÃO! Post inútil

Notícia boa e outra pior ainda... Qual primeiro? Escolham:

Como vocês devem saber o céu está caindo literalmente em gotas, os aeroportos estão fechados, chuva é pouco pra divagar sobre a tal, é um dilúvio...

Como todos estes acontecimentos sucederam neste momento, prefiro acreditar que é um sinal do universo para eu que acalme a alma, resultado?

Tenho entrada para o show mas não tenho passagens aéreas, retirei o gesso e comprei uma tala ortopédica, entrava no site das companhias de 2/2 hrs mas não rolou, são exatamente 19:30 e eu estou aqui de tala(com o punho latejando), cervejas, computador, cigarros, ingresso e de saco cheio, mas muito cheio e vontade de mandar todo mundo tomar no cu!

Não se confunda: não me importa o show em si, o que me desagrada é que não sou minha, entendeu? Foda-se...

Mas dá pra ver o copo meio cheio? Se existe notícia boa a única que tenho é que verei um show dela na Itália(desculpa aem). 

Eu gosto disso: TUDO ACONTECE COMIGO PUTA QUE PARIU!

Doutor 0a100, cadê você?

Hoje é sem BJIM.

OBS: com tantos pedófilos por aí, jamé que eu permitiria que um filho meu sentasse no colo de qualquer papai noel, pelo amor deixa não, eles estão fazendo a festa hein!


Escrito por kk às 19h33
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Terça-feira , 16 de Dezembro de 2008

  Ana Carolina e Seu Zé - Chatterton

Uma crise!!

Crise dos 40: quando chegar tenho quase certeza que me mato ou faço um estrago!
Crise do pulso: abriu dormindo, engessada até o começo do ano, té parece!
Crise de amor: quero alguém melhor que eu, coisa simples!
Crise monetária: só saio do perrengue em Fevereiro!
Crise de pilotagem: ô medo que me matem!
Crise da Madonna: entrada comprada mas vôos cancelados por causa da chuva, fora os preços, tenho que ligar pra Hé!
Crise familiar: ô gente complicada, quero é dar no pé!
Crise intelectual: não tenho vontade de escrever, pensar seja o que for, nada!
Crise verbal: não quero falar com ninguém!
Crise auditiva: já sei, eu sei, cala a boca porra!
Crise auditiva II: Ana Carolina, Pink Floyd na vitrola ininterruptamente! 
Crise terapia do calmaaíesquecetudoisso: Lex desde 7 de Dez!
Crise Crise Tô em crise caraaaalho!

 Bjim.

 


Escrito por kk às 13h49
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Sexta-feira , 12 de Dezembro de 2008

 

  Ana Carolina - Eu comi a Madonna

 

ELE

Trepar com ele é como uma prece, extasia
Como pele no verão, queima, arde
Um agrado pra alma, puro ego

Trepar com ele é como prisão, enlouquecedor
Como corpo num orgasmo, alucinante
Um agrado pra alma, pura fé

 Boca, língua, mordida, verbo, suor
Chiado, voz, xingamento, juras
Um corpo trêmulo, um cheiro, um banho
Um agrado pra alma, puro sentido

 


Escrito por kk às 14h37
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Quarta-feira , 10 de Dezembro de 2008

 

Sou

 Corpo pesado como onda revolta
Língua quente como pimenta
Alma leve como sorriso
Alucinante como Pink Floyd
Dor como câncer terminal
Intensa como tempestade
Tão minha e tão sua...

 Delicada feito rosa
Puta feito dama
Amável feito rocha
Cansada feito cair de tarde
Determinada feito cão
Sincera feito mentira
Tão minha e tão sua...

Sou?

 Ana Carolina - Rosas


Escrito por kk às 11h35
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Segunda-feira , 08 de Dezembro de 2008

 

A VIAGEM

 Antes de qualquer coisa: vivo dedicando coisinhas ao Carlinhos, é, o Carlinhos... Lá do Oral sem Frescura, o aniversário dele está aí, não me esqueci, querida alma companheira Feliz Ano Novo, poucos possuem sua alma: lúcida e embriagante, amarga e sensata!!!

 No mais, tô aqui em crise:

  •  Meu irmão mais amado só me fez um telefonema de até mais, não me levou ao aeroporto como todos os anos, não me deu um abraço com carinho e só ouvi o "eu te amo também" pelo telefone, foi foda, senti falta do seu carinho, de nossas conversas... enfim, ele cresceu e se foi...

 

  • Conheci uma pessoa bem especial, no entanto ele deu um toque na ferida: quando falei do blog, questionou se não era muita exposição, na hora dei um olhar para o outro lado e quis manda-lo tomar no cu, mas quando olhei pra ele de novo segurei a onda e avaliei que ele valia mais a pena que qualquer resposta, aquela boca é a boca... ai ai.

 

  • Dona mãe estrapolou de vez, o plano de saúde dela veio vamos dizer: 167% a mais( vocês não tem noção), resolveu assumir um amor do passado coisinha de 20 anos depois, afffe nem te conto, dívidas de arrancar os cabelos literalmente, processos no CDC, cartão clonado e ela bancando conta dos outros(de Alagoas), supostamente meu "pai" tentou invadir a casa dela com todos seus familiares(meus tios), entrei na Justiça e em Fevereiro provavelmente tenho que voltar pra assinar umas "coisinhas", IPTU? A criatura usou o dinheiro que mandei e está 4 anos em atraso... Tá fodaço. 

 

  • Levei um sermão de meus empregadores, viajei na hora errada, gastei tudo que tinha e não tinha, no escritório tem uma impressora que só falta falar(mas acho que fala sim, ainda não tive tempo de conhecer) e uma trituradora de papéis e CDS( de CDS? Ô meu paaiii), perdi reunião de condomínio, tenho trabalho até o talo, acho que dessa vez vou trabalhar um tanto, essa foi a sensação que tive...

 

  • Acreditem se quiser, pra fechar a semana fui num enterro de um amigo da família e quando abriram a sepultura tinha 2 corpos desconhecidos, bem bizarro... Ah essa é com chave de ouro: meu tio quando saía do velório e seguia para o trabalho sofreu um assalto, quer saber? O cara calminho bateu tanto nos vagabundos que mandou os dois para o Hospital... Posso provar, foi capa de Jornal, eu mereço essa porra!!

O que quero dizer é: 5 tópicos de posts que virão a seguir, aguardem que  foi a mais punk de todas as viagens, queria férias de novo mas não sei não, preciso de um SPA, sem celular, silêncio absoluto e muito dinheiro( alguém aí acertou na mega? Ó eu aqui hein)!!!

 Bjim.


Escrito por kk às 15h46
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Domingo , 16 de Novembro de 2008

 

ESTOU AQUI!!!

Ei meus amores, estou em Vitória, tentanto resolver um probleminha aqui em casa, não tenho passagem de volta, assim que achar um tempinho, uma lan ou uma casa de amigo pra falar com vocês eu volto pra dar notícias e detalhes, visitar os amigos, dar um surtinho normal.

Aqui cai o céu literalmente, só chove, não tenho Net, Internet, muito menos paciência, trouxe livros: do Frodo, A Arte da Gerra(que pelo amor , não passei da 20ª página) e A Cabana( que é lindíssimo) !

Dona mãe vai bem (se "casou") é isso mesmo que vocês leram, meu irmão será pai, o outro continua sonso e eu?

É, alguém que se foder...

Mês que vem volto!

Bjim.


Escrito por kk às 19h12
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Terça-feira , 04 de Novembro de 2008

Um ato violento!

 

Vamos direto ao assunto.

 

Uma das coisas que me incomoda muito é a tal violência emocional ou terror psicológico, que são capazes de derrubar qualquer ser humano, tanto pra quem comete como quem recebe. E neles que posso reconhecer a covardia do outro, seu “crédito” moral se perde em suas atitudes, seria mais simples e dignificante se recolher e atacar o verdadeiro motivo de nossas responsabilidades, reconhecendo-as...

 

Pareceu bem confuso pra vocês? É bem simples, quando algo acontece com você e você não sabe como reagir o que faz?

Ameaça, incomoda, faz de sua presença algo insuportável até conseguir o que deseja? Nos enganamos como uma criança...

 

Quando você proíbe um filho de namorar, ele irá fazer o quê? Não terminará o namoro, puramente por orgulho, por acreditar que tem consciência de suas escolhas e sempre nem sei o motivo, dá em merda, só quem está do lado de fora da relação tem a capacidade de “ver” o que realmente está acontecendo! No entanto algumas vezes erramos, não tenho dúvidas...

 

De outro modo quando você age fazendo pirraça, negando a ajuda consciente de quem está de fora, você não terá o entendimento de ninguém, muito menos apoio. Agir violentamente, à margem da lei, num ato criminoso de coação, ameaçando e violentando verbalmente e emocionalmente pode ser desastroso, você se torna a ameaça, não o contrário, um verdadeiro terror pra quem tem tudo pela frente, a cegueira deste momento não seria algo valioso, sem nenhum benefício, pode ser sua escolha e responsabilidade de ser o que é, que cá pra nós não acredito que ninguém seja mal de nascença!

 

Sempre temos a oportunidade de escolha!

 

Uma coisa aprendi com os anos: quando alguém está na lama ou no fundo do poço, você pode até tentar um resgate, mas se a pessoa por algum motivo precisa da lama é melhor você se afastar, você pode se sujar, e não é isso que queremos...

 

De qualquer forma este post foi dedicado a alguém que amo muito, até  mais que imaginava, farei o que for melhor pra nós, quero resgata-lo de qualquer sujeira que queira por insanidade cometer e depois disso preciso encontrar sossego!

 

Sempre fui o tipo de pessoa que quando a vida oferece limões faço uma limonada bem doce e geladinha, não faço algazarra ao atravessar um túnel escuro, com calma, cuidado e paciência caminho em busca de sua saída, mesmo que no momento não a veja, não gosto de olhar para trás, estender a dor é para os masoquistas...

 

De exemplos temos muitos, bons e ruins, sempre existe uma solução pra quem quer de fato uma solução, quem é da paz sabe, quem é do bem escolhe! Da sua K.

 

Bjim.


Escrito por kk às 12h09
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Quarta-feira , 22 de Outubro de 2008

 

TENHO NOVIDADES?

 

Sim sim tenho sim! Minha moto está comprada, no final de semana estará na garagem, hoje passei no exame ( sem uma canetada), se estou feliz? Nem me fale, sinto que minha mania de planos é o que há! Vocês lembram da lista do final de ano?

 

Mania que dá certo se você não está disposto a se desviar e se realmente quer materializar um sonho mesmo que ínfimo!

 

Hoje quando acordei troquei uma idéia com o meu eu:

 

-          É, hoje você acordou pra vencer, está pronta?

-          A muito tempo minha filha... Quer vir comigo? Mas me deixa que hoje eu tô de bobeira!

 

Deu tanta pena daquelas pessoas que não passaram, dos que treinavam comigo, pelo rigor das “autoridades do trânsito”, eu sempre reagi bem sobre pressão, consigo ficar calma que até eu mesmo me questiono o motivo, enquanto outros tremem, erram e se desesperam, eu pedi para o tiozinho que cricou com minha foto pra me desejar boa sorte, estava em "pânico" e sorridente pra terminar o que tinha começado...

 

Enfim, assim que meu bebê chegar posto uma foto pra vocês!

 

Estou até pensando em enviar para o universo o desejo de um quarto e sala, varanda, com muito verde pelos cantos, quadros na parede, um sofá de 2 lugares, uma estante para os livros, uma cama bem gostosa, uma tv na estante, uma cozinha prática e claro, eu dentro...

 

É, mania é mania, não vamos contrariar!

 

 

 

Bjim.


Escrito por kk às 13h16
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]